domingo, 8 de julho de 2012

ERA UMA VEZ...




...uma bandeja de plástico toda branca que estava com outras duas bandejas em uma loja.Ela foi comprada por uma senhora que a levou para sua casa.Ela ia pelo caminho triste,pois teve que deixar suas duas irmãs e ir com a sua nova dona.Quando chegou na casa daquela senhora,encontrou outra bandeja,do mesmo modelo,só que azul desbotada já pelo tempo de uso.Quando a bandeja azul viu a nova bandeja ficou ainda mais triste pensando que como estava velha e toda desbotada,seria descartada e jogada no lixo.Afinal é para o lixo que vão as coisas que já não servem mais.
-Mas eu ainda posso servir,pois não estou quebrada,pensou a bandeja azul-Mas as pessoas se cansam das coisas e as jogam fora e põem outras coisas no lugar.Pobre de mim que servi tantos anos esta velha senhora e agora vou ser substituída por uma mais nova do que eu e da cor preferida dela:branco.
A bandeja branca,vendo a bandeja azul tão triste,esqueceu sua tristeza e se achegou para perto da azul e foi logo lhe falando:
-Porquê você está tão triste?
A bandeja azul sorriu e apenas disse:
-Seja bem vinda!
E a bandeja azul não falou do motivo da sua tristeza.As duas ficaram ali,juntinhas,uma perto da outra,como sua dona as colocou.E a bandeja branca conversou com a azul,falou de suas irmãs,que ficaram na loja,da saudade que sentia,mas que pelo menos tinha encontrado uma amiga,a bandeja azul.E por um momento a bandeja azul esqueceu sua tristeza e consolou a bandeja branca.
Passaram alguns dias e a velha senhora nada de jogar a bandeja azul fora.Um dia a senhora acordou cantando,como aliás todos os dias ela faz,feliz,agradecendo a Deus por mais um dia de vida.Pegou a bandeja branca,lavou,enxugou bem e pegou um vidro de esmalte de unhas azul."Essas fêmeas do bicho homem tem cada mania estranha!",pensou a bandeja branca."Acho que ela vai pintar as unhas de azul."
Mas qual não foi a surpresa da bandeja branca quando a mulher pegou também a bandeja azul e também lavou e enxugou bem e depois pegou um vidro de esmalte de unhas branco.
Colocou as bandejas lado a lado e começou pela bandeja branca.Com o esmalte azul foi fazendo bolinhas até que a bandeja branca ficou cheia de bolinhas azuis e a colocou para secar o esmalte.
Depois,pegou a bandeja azul e fez o mesmo com ela e o esmalte branco.As duas ficaram totalmente diferentes e muito mais bonitas.Depois a senhora as colocou lado a lado de volta para enfeitar seu armário na cozinha.E quando vem visitas na casa da velha senhora ela as serve ora na bandeja azul,ora na bandeja branca.Ontem mesmo,dois netos da velha senhora vieram visitá-la e ela serviu um lanche gostoso e colocou o lanche de um na bandeja azul e o do outro na bandeja branca.
E a bandeja azul e a bandeja branca agora são tão amigas que se consideram como irmãs.

 A velha senhora sou eu e as bandejas são as bandejas que eu custumizei com bolinhas.Quando comprei a bandeja branca,a   azul já estava velhinha e meu marido mandou que a jogasse fora.Mas eu tinha planos para as duas e as pintei com bolinhas feitas com esmalte de unhas.Eu não esperava que a azul ficasse tão bonita,ela estava tão desbotada,mas ela renasceu das cinzas.Ficou como nova.Aproveitei o quadriculado em relevo no plástico e usei como guia para alternar as bolinhas,ficando como se fosse mesmo um tecido de bolinhas.
Moral da história:Tudo se cria,nada se perde,tudo se transforma.
Antes de jogar fora pense nas possibilidades que um objeto pode ter e se ele não pode ser restaurado ou ser usado de outra forma.O Planeta e o bolso agradecem.
Beijos e uma ótima semana.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...