segunda-feira, 29 de setembro de 2008


A casa se abre pelo meio,ao invés de abrir só pela fachada,como a maioria das casas de bonecas.Como minha casa era uma casa térrea e eu queria reconstruí-la em miniatura,exatamente como era,foi a forma que encontrei de fazer com que ela ficasse do jeitinho que era.com seus comôdos ivididos como eram.Até as portas e janelas foram colocadas nos lugares onde ficavam.Nesta foto ela está totalmente aberta.a porta ao lado do quarto do casal é a porta de entrada e vai dar na varanda,onde eu brincava e ficava à noite com meus pais olhando a lua e as estrelas.Tudo era tão lindo,tão encantador,tão mágico.Eu ouvia histórias de anjos,de fadas e bruxas e prinpalmente de Jesus e seus ensinamentos.Ouvia também meu pai cantando para nós nas poucas vezes que ele chegava cedo em casa,pois ele trabalhava muito e fazia hora extra.Muitas vezes ele chegava e já estavamos dormindo,foi por isso que comecei a dormirna cama dele e da minha mãe,para que quando ele chegasse me carregasse para o meu quarto.Eu acordava e fingia estar dormindo,para que ele não me colocasse no chão e me mandasse para a cama.Quando ele me colocava na cama eu abria os olhos e era aquela festa!E ele cantava para eu dormir.A sua voz de barítono eu nunca esqueço.Era a voz masculina mais linda que já tinha ouvido na minha curta vidinha.Cresci,aprendí a cantar,e já ouvi vozes mais lindas,mas aquela voz era especial.Era a voz que me abençoava e me chamava de filhinha.E tudo que ouvi e aprendí com aquela voz fez de mim a pessoa que sou.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...