domingo, 11 de janeiro de 2009

OS MORADORES DA CASA DA MINHA INFÂNCIA.


Os moradores da casa da minha infâ ncia chegaram finalmente.E justamente em época festiva.Eles se mudaram para esta casa em dezembro,justamente na época do Natal.Os moradores são o vovô,a vovó,seus três netinhos,duas tias velhas e um gato e dois filhotes:um gatinho e um cachorrinho(um câozinho bassê).Os animais eu fiz em biscuit,os humanos e os anjoas que representam as crianças foram comprados em lojas de preços populares(os adultos) e em uma loja de artesanato(os anjinhos).Uma das tias está na cozinha,dando uma varridinha,a outra tia está no corredor passando a roupa que vai usar logo mais,na ceia de Natal.
Enquanto isso,a vovó faz tricô e o vovô lê o jornal,enquanto os netinhos tocam uma musica de Natal.Os filhotinhos não querem outra vida,se aconchegaram em uma poltrona e estão muito bem acomodados.
A árvore de Natal está toda enfeitada e o Papai Noel já está chegando com o saco cheio de presentes para todos.Como osanjinhs se comportaram bem o ano todo vão ganhar tudo o que pediram ao Papai Noel.
A mesa já está pronta e com uma linda toalha bordada com linha dourada em ponto cruz.Desculpem se estou postando estas imagens fora de época,mas só agora pude colocá-las no blog,pois o mês de dezembro foi muito cheio de compromissos e tarefas que não tive quase tempo para me dedicar ao meu hobby.Agora estou postando essas imagens,porquê queria que todos conhecessem os moradores da casa da minha infância.Os dois vovôs representa meus pais e os anjinhos eu e meus irmãos.Meu pai todas as noites,quando erámos crianças perguntava à minha mãe:"Luíza(era Luíza com z),os anjinhos já foram se deitar?"Esta frase mudou o verbo quando crescemos.Passou a ser:"Luísa,os anjinhos já estão todos em casa?"As velhas tias representam minha madrinha Inalda,minha tia Laura,irmã gêmea de minha mãe,tia Edite,tia Judite,tia Stela,todas elas irmãs de minha mãe e tia Zilda,a única irmã do meu pai.Sabem de uma coisa?Eu nunca falei isso aqui,mas eu tinha uma saudade muito grande de tudo que vivi nesa casa.E ainda tenho,mas agora,que reconstitui,em miniatura,a casa da minha infância,já não sinto tanta saudade.Minha amiga Aninha disse uma vez que eu sentia tanto esta nostalgia por terem demolido a casa que morei quando criança.Realmente,eu sentia muita tristeza,por que eu adorava aquela casa,ela era muito linda e confortável.Mas por causa da enchente(consultem o início das minhas postagens) ela foi demolida e deu lugar ao prédio onde hoje moro com minha família.Foi bom por que eu e meus irmãos herdamos este prédio e hoje todos temo casa própria,inclusive nossos filhos.Mas a saudade ficou.Mas não é mais tão dolorosa esta saudade,pois toda vez que quero abro minha casinha de bonecas e passeio por cada cômodo dela.E sonho.Sonho com um mundo onde todas as crianças possam ter uma infância feliz como eu tive,ao ponto de sentir saudades da casa de sua infância,quando forem adultos.



Olhem só que linda cena familiar.



A toalha de Natal e os quitutes que a vovó vai servir aos seus convidados na ceia de logo mais,nesta noite de Natal.






Veja a toalha da mesa que bordei especialmenta para esta noite.As comidinhas foram feitas em biscuit.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...