segunda-feira, 30 de agosto de 2010

ERA UMA VEZ...


...uma menina que sonhou ter um mundo encantado onde tudo era pequenino e ela podia brincar com este mundo.E este mundo cabia na palma de sua mão.E menina brincava com suas bonecas e elas tinham vida.Na cabecinha desta menina,suas bonecas choravam quando ficavam longe dela e quando se quebravam era como se um pequeno amigo partisse para sempre.Mas seus irmãos,não sei se por maldade ou por brincadeira,quebravam todas as bonecas que a menina tinha.Um dia a menina ganhou uma boneca,foi presente da diretora da escola.Porém a boneca não pode ser levada pela menina,porque estava em uma loja servindo de manequim com o uniforme da escola.A menina já não tinha mais nenhuma boneca,pois todas elas tinham sido quebradas pelos seus irmãos.Mas não pode levar sua boneca,até que a diretora autorizasse o dono da loja a entregar a boneca ao responsável pela menina.A menina esperou meses e a diretora autorizou.Mas o dono da loja usou mil desculpas para não entregar a boneca.E a menina insistia.No passado,outras meninas maiores que ela lhe roubaram os móveis,loucinhas e panelinhas de brinquedo que ganhara de suas tias.As meninas viam brincar com ela e roubavam seus brinquedos,quando ela tinha apenas tres para quatro anos.A mãe da menina viu que os brinquedos estavam desaparecendo e desconfiou logo.Um dia ela ficou escondida e viu uma das meninas colocar um brinquedo dentro da roupa e não deixou mais que sua filhinha brincasse com nenhuma das meninas.A menina ficou com saudade e passou toda infancia sonhando com móveis e coisas em miniaturas.Vieram seus irmãos e começaram a quebrar os brinquedos da menina e se divertiam.Eles sempre davam um jeito de fazer isso sem que a mãe percebesse.
Mas com a boneca foi diferente.Depois que a menina esperou muitos meses,sua mãe descobriu o porque da demora.A filha do dono da loja se apaixonou pela boneca e não queria que ele a entregasse.Para não magoar a filha ele inventava mil desculpas.Até que um dia,a mãe da menina foi à loja e estava decidida;não sairia de lá sem a boneca que sua filha ganhara por ser boa aluna e ter bom comportamento.A menina já esperara demais.O dono da loja não teve outra alternativa:pediu mil desculpas à mãe da menina e mandou que um empregado comprasse uma boneca igualzinha para a menina.A menina ficou muito feliz quando viu a boneca e lhe deu o nome de Ninon Rose,pois sua mãe falava francês e leu um romance que tinha uma personagem com este nome.Mas não entendeu porque a menina rica,podendo ter todas as bonecas que quizesse pode se encantar com uma boneca tão simples,de plástico e sem cabelo como aquela.A boneca era toda de plástico,mas a menina pobre a amou desde o primeiro dia que a viu.E brincou com ela até completar dezoito anos.Só a deixou mesmo de vez,quando a doou para outra menininha.Não sei se Ninon Rose foi tão importante para ela quanto foi para mim,só sei que eu continuo brincando até hoje.Será que é por causa destas coisas que contei,que eu sou louca por bonecas e por tudo que se relaciona a este minimundo?E você?Que tal compartilhar a sua história?Como nasceu (ou você acha que nasceu) a sua paixão por miniaturas e casas de bonecas?Que tal contar um pouco da sua infãncia ou do que você acha que influenciou você para ter esta paixão por miniaturas?Pode me enviar um comentário falando sobre o assunto ou escrever em seu blog.Tenho certeza que você tem uma história bastante interessante para contar.Bom,é só uma sugestão.Fica ao critério de cada um compartilhar ou não suas lembranças.Muitos talvez achem loucura gostar tanto assim de miniaturas e bonecas,mas sei que eu não estou sozinha.Tem milhares de pessoas que amam as miniaturas tanto quanto eu,em todo planeta Terra.Boa noite.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...