terça-feira, 19 de julho de 2011

NÃO DÊ A NINGUÉM O PODER OU O DIREITO DE DECIDIR POR VOCÊ.

 Há pessoas que são tão bem intencionadas que adoram decidir a vida dos outros.Fico pensando o que seria do mundo se todos lhes dessem ouvidos.Ninguém faria nada.Mas o que as pessoas menos precisam é de gente para decidir a sua vida.Cada um deve tomar suas próprias decisões e se acertar,ótimo,senão,pelo menos tentou."Quebrou a cara",mas tentou.E não ficou com a sensação que ficaria se não tivesse tentado.
 Eu digo isso por experiência própria:todas as vezes que ouvi os outros e não fiz aquilo que meu coração mandava e minha mente tinha certeza que era o que eu devia fazer,"me dei mau".Vi outras pessoas fazendo exatamente aquilo que eu deveria fazer e se "dando bem" e aí bateu aquela enorme frustração.
 Não estou falando dos bons conselhos que os verdadeiros amigos dão.Estes sim,nunca me arrependerei de ter seguido.Foram alertas sobre coisas que poderiam ter destruído a minha vida e que me aconselharam a nem chegar perto;pessoas de intenções duvidosas,que eu não deveria seguir;homens com fama de sedutor,que se faziam passar por cordeiros e na verdade eram lobos;caminhos por onde eu deveria passar bem longe...Esses foram conselhos que nunca me arrependo de ter seguido.
 Mas alguns conselhos me arrependi e muito de ter seguido.Parar de estudar,e me dedicar exclusivamente ás prendas domésticas,conselho dado pelo meu marido,por puro machismo,quando ainda estávamos namorando,pois ele é quem deveria sustentar a casa.E foram anos de frustração,vendo muitas outras mulheres trabalhando e ajudando seus maridos a darem uma vida melhor à seus filhos.
 Outro conselhos,ou melhor,imposição do meu marido e conselho de uma "amiga"que estava de olho na vaga que eu iria ocupar,foi quando por conhecimento do meu sogro consegui emprego e meu marido boicotou e a tal "amiga" ajudou dizendo que eu tinha que estudar e aquele emprego iria atrapalhar meuss estudos.
 Foi tanta briga que tive com meu marido que acabei desistindo do emprego.Mas meu sogro usou mais uma vez sua influência e  "mexeu os pauzinhos" e nem  fiquei,nem a pessoa que tanto queria minha vaga.Ele indicou outra pessoa que ficou no emprego e nem a falsa amiga,nem eu ficamos com o emprego.Meu sogro disse vitorioso:"Se você não fica,ela também não vai ficar.Indiquei outra pessoa e é esta pessoa que ficou com o emprego."
  Se eu tivesse dado ouvidos ao que os outros diziam,quando aos trinta e sete anos resolvi voltar a estudar,hoje talvez eu nem tivesse escrevendo este blog,pois eu talvez não tivesse dinheiro para siquer comprar uma máquina de escrever (aliás,ninguém mais compra) quanto mais um computador.Sim,pois se entrei na era digital,foi pelo meu trabalho.E se conquistei este emprego que tenho hoje,foi porque estudei,depois de casada e quase com quarenta anos.
  Eu sempre sonhava que voltava a estudar e quando acordava,sentia uma tristeza e uma enorme saudade da escola.Quando eu estava prestes a completar trinta e oito anos,fizeram um Instituto de Educação pertinho da minha casa.Achei um pecado não voltar a estudar.Afinal,Deus estava me dando de presente uma escola pertinho da minha casa  e uma escola profissionalizante,de onde eu sairia professora e realizaria um sonho que estava escondido no meu coração.
 Muita gente tentou me fazer desistir,mas eu não desisti.Estudei como nunca e me formei.Um ano depois consegui um estágio remunerado e depois veio o concurso que fiz e passei e fui chamada logo na primeira classificação.Hoje sou professora do Estado e estou feliz pois tenho um trabalho estável e gosto do que faço.
  Se eu tivesse ouvido as pessoas que muitas vezes tentaram me fazer desistir,por preconceito ou por puro prazer de estragar o prazer dos outros,dando a eles o direito de decidir a minha vida,certamente eu não estaria escrevendo esta postagem neste blog,nem estaria trabalhando em um lugar onde sempre sonhei estar e não teria este computador e muitas outras coisas que conquistei com meu trabalho.Ou teria,mas eu trabalharia numa outra coisa que não seria aquilo que gosto de fazerDedico esta postagem a Fernanda,do blog Minha Mãe Sabia e a todas as pessoas decididas,como eu e como ela.Fernanda,estou com você e dou todo meu apoio.Você é corajosa e decidida.Te admiro muito por isso.Beijos.
Desculpem as gírias,mas eu falo assim mesmo.De tanto conviver com jovens a gente acaba incorporando algumas gírias ao nosso vocabulário.Mas o mais importante é que além de ajudá-los a construírem conhecimentos,aprendo muito com eles.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...